terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Ingratidão...

.
Há um dito popular que diz: "há mais ingratos do que sapatos".
Se é verdade ou não, eu não sei! Mas que há ingratos, isso há.
O ingrato nunca vê o bem que lhe fazem, não é capaz de reconhecer, muito menos de agradecer.
A ingratidão é fruto do orgulho. É o orgulhoso que em sua auto-suficiência, em sua arrogância, não é capaz de ser grato! O humilde é grato, por menor que seja o favor que lhe fazem, mas o arrogante...
Uma outra coisa: de onde não se espera é que vem a ingratidão. Geralmente aquelas pessoas que são muito ajudadas é que são ingratas.
.
Mas tudo isso é uma aprendizagem!
Depois, só não pode o ingrato reclamar por não lhe fazerem mais o bem. Afinal de contas, porquê se preocupar em ajudar alguém que não sabe agradecer? Ninguém é obrigado a isso. O pagamento pelo favor, é o muito obrigado, sem pagamento, não há obrigação de favor né?
.
Inté.

Um comentário:

Isa disse...

Acho que todo mundo foi ou é um pouquinho ingrato em determinado pedacinho da vida, né?
Já fui ingrata com muitas pessoas, e sempre bate aquele arrependimento.
Ainda bem que mudamos, isso é importante para conseguir a coragem de engolir o orgulho e dizer: "Desculpe".
Nunca é tarde. Ufa! :)

Abraços!