sexta-feira, 24 de abril de 2009

Jardim da Fantasia

.
No Coral estamos ensaiando uma música nova. Gostei muito do toque, da letra que é de uma delicadeza... O compositor estava bem inspirado quando a compôs. A música fala sobr ebem te vi, mas eu sempre imagino um beija-flor, cada qual com sua fantasia.
Não me lembro de tê-la ouvido antes.
.
Comentando com uma amiga sobre essa música, ela me disse que conhecia a música, que achava linda e que sabia a história dela. Me contou o seguinte: o compositor (Paulinho Pedra Azul) fez essa música para sua ex-noiva, que morreu em um acidente. A última imagem que ele tinha dela era a do acidente, com o sangue escorrendo no canto de sua boca. Não era dessa forma que ele queria se lembrar dela, pois ela era uma pessoa alegre, então compôs essa música para ela. No trecho que diz assim "tua boca pingava mel", era pra esquecer da última imagem que ele tinha dela, da boca suja com sangue. Outra coisa, na música ele diz que voou pra encontrar a amada, andou estradas do além, não sabia onde ela estava, então pergunta "onde estará meu bem?". Daí ele pede só mais um beijo e diz para ela voltar para lá.
.
Que lindooooooooooo.... isso me fez gostar mais ainda da música. Mas, como não sei se isso é verdade, fui perguntar pro meu amigo "Google", que me trouxe uma entrevista em que é perguntado a PPA sobre a história da música, veja:
.
Ricardo Puga - Gostaria que você contasse um pouco da história da música Jardim da fantasia. Você faz idéia de toda a repercussão que ela já teve em todo o Brasil?
Paulinho Pedra Azul - As pessoas comentam que foi uma música que fiz para uma noiva que eu tinha e que morreu. Mas isso é mentira, não existe morte nessa música. Foi invenção de algumas pessoas que escutaram e, por conta própria, espalharam essa história, que eu não consigo desmentir até hoje. A pessoa para a qual eu fiz a música está viva, foi a primeira namorada que eu tive em Pedra Azul. Humildemente, tenho essa consciência de como a música alcançou o Brasil porque viajo muito e em todo lugar que passo, do nordeste até o sul do país, as pessoas comentam e cantam, em beira de praia, boteco, barzinho, teatro... Não diria que é a música mais importante do meu repertório, mas é a mais conhecida. Jardim da fantasia é apelidada de Bem-te-vi.
.
.
Ok! Então essa história da morte da noiva NÃO É VERDADE. É desmentida pelo próprio Paulinho Pedra Azul. Só coloquei aqui para informá-los pois, mais pessoas podem acreditar que isso seja verdade. Eu irei pedir à minha amiga pra visitar o link da entrevista. Talvez esta seja um tipo de "lenda musical", como as "lendas urbanas" que conhecemos. É até bom mesmo que não seja verdade, já pensou, o cara perde o grande amor da vida dele, faz uma música em sua homenagem e essa se torna a principal música de toda a sua vida. É de doer! Nunca que ele iria conseguir superar essa perda, porque todo mundo, onde quer que ele fosse iria pedir para ele cantar/tocar essa música. Coitaaaaaado!
.
Coloquei aqui a letra da música e o video lá do santo youtube...
.
.
Jardim da Fantasia/Bem-te-Vi
Paulinho Pedra Azul
.
Bem te vi, bem te vi
Andar por um jardim em flor
Chamando os bichos de amor
Tua boca pingava mel
Bem te quis, bem te quis
E ainda quero muito mais
Maior que a imensidão da paz
Bem maior que o sol
Onde estás?
Voei por este céu azul
Andei estradas do além
Onde estará meu bem?
Onde estás?
Nas nuvens ou na insensatez
Me beije só mais uma vez
Depois volte prá lá.
.
.



.
.
.
Então, é isso.
.
.

7 comentários:

Amiga do Cafa disse...

Fala sério...
esse pessoal tem imaginação fértil.
A letra da música é cheia de vida !
Essa do cara trocar o sangue na boca da amada pela " Tua boca pingava mel", se ele tivesse feito isso, seria de um profundo mau gosto....
Ainda bem que ele desmentiu.
Ui !
Bom final de semana.
Beijão

Luna disse...

Acho que a lenda em torno da música é bem mais interessante que a história verdadeira.

Seria mais legal se ele tivesse conseguido transformar a dor numa música tão bonita.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

As Histórias correm!Mesmo assim a música é linda e a letra um poema!!!

Fez muito bem em buscar a verdade!!!

Um beijo,com carinho!Sonia Regina.

Giovanne disse...

Outra entrevista onde ele fala desta música.

— Como é que ela foi composta?

Paulinho - Essa música eu fiz em Pedra Azul, numa época que estive voltando pra lá, depois de morar um ano em Vitória, no Espírito Santo, e antes de sair de lá pra morar em São Paulo. Ela foi feita pra uma namorada minha, digamos, a minha primeira namorada séria. Sei que às vezes o pessoal comenta que a música é pra alguém que morreu. Mas não tem essa história não (risos)... Acabei fazendo essa canção, inspirado realmente na minha relação com essa namorada, na separação, né? “Onde estás? Voei por esse céu azul...” (cantarola). A música fala de alguém que sonha e, quando acorda, não acha a outra pessoa. E muita gente interpreta que esse “Onde estás?” é porque a outra pessoa morreu. Eu tento explicar que não, mas não tem jeito. A força do povo é maior, isso virou folclore mesmo (risos)... Então, deixa o povo. Já que ele se apoderou dessa música, deixa cada um interpretar da sua forma.


http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=194124

[],s
Giovanne Andrade Ramos

Anônimo disse...

Gente cade essa mulher? E oque ela ta esperando q nao volta pra ele? Essa musica e mais q uma declaraçao de muuuuuuuuuuuuuuito amor.

B disse...

queria ver alguma foto dessa ex do PPA...Alguém sabe como acho? me respondam!!!VALEU.

Anônimo disse...

eu já havia ouvido a historia sobre a musica em um cursinho de canto que eu fiz, particularmente gosto dá historia mesmo não sendo verdadeira. mais pensa com migo ,como seria esse amor ,como seria a dor de perder alguém assim de uma forma tão trágica.quantos romances açucarados poderiam ser baciados nessa historia. mais não levem em consideração o que eu disse tragedias românticas são fantásticas. valeu Dona pela informação eu já desconfiava da lenda da musica mais não sabia se era verdade.